Sem dúvidas, a transformação digital permitiu que verdadeiros computadores de bolso cheguem ao alcance de todos. Com smartphones cada vez mais autônomos e poderosos, surgem novas tecnologias — e, com isso, novos meios de interação para propiciar ao consumidor experiências cada vez mais pessoais.

Essa é a proposta do beacon, que desponta como uma conexão entre o físico e o lógico. Então, já sabe como ele funciona? Pois é disso que trataremos neste artigo: vamos explicar o que ele é e dar vários exemplos do seu funcionamento. Ao fim da leitura, você verá como essa tecnologia pode ser revolucionária! Continue lendo para conferir.

Afinal, o que é beacon?

Basicamente, trata-se de um dispositivo de localização por proximidade, comumente associado ao GPS. Assim, ele é capaz de identificar smartphones que estejam próximos utilizando o Bluetooth.

Aqui vale ressaltar algo importante: o Bluetooth não é um vilão de bateria, como muitas pessoas imaginam. Os aplicativos e a iluminação da tela, por exemplo, consomem muito mais bateria que ele. Além disso, o beacon usa o chamado BLE (ou Battery Low Energy), uma otimização do Bluetooth para que se gaste ainda menos energia.

De todo modo, o beacon é um produto que veio para ajudar diversos segmentos mundiais, tais como a indústria, o comércio e os serviços. Ele é visto como um fortalecimento da internet das coisas, pois permite a interação mais rápida com pessoas que estiverem perto dos dispositivos.

Além disso, ele pode ser colocado em diferentes lugares, como nas paredes e vitrines, na rua, anexado aos produtos em forma de etiquetas etc. E não precisa de acesso à internet, uma vez que a comunicação é feita por Bluetooth, como dissemos.

Como ele funciona?

Essa tecnologia emite ondas de rádio com curto alcance, de alguns metros — por isso, seu uso é muito difundido em locais fechados, como lojas e estabelecimentos. Ele se comunica com o celular por meio de aplicativos. Ou seja, para usufruir dele em uma determinada loja, basta ter um aplicativo que se comunique com o beacon instalado no smartphone e estar com o Bluetooth ligado. O usuário recebe informações assim que o beacon detecta o aparelho.

O beacon permite um atendimento personalizado ao cliente, além de fortalecer o uso da marca por meio de tecnologias. Isso porque as informações enviadas por ele podem ser das mais variadas, tais como produtos em promoção, cardápio, senha de atendimento etc.

Além disso, ele também auxilia na gestão administrativa das empresas, pois não só envia informações, como também as recebe. Isso permite, dentre outras coisas, monitorar produtos, pessoas e fluxos dos serviços que acontecem em um local. E todas essas informações podem ser armazenadas em um software e transformadas em relatórios posteriormente.

Quais são as áreas em que o beacon é utilizado?

Turismo

O turismo é um dos grandes setores beneficiados pelos beacons. Em museus, por exemplo, eles podem ser usados junto aos objetos de exposição: assim, ao se aproximar de determinada obra, o usuário recebe informações extras sobre ela em seu smartphone.

Outro uso interessante ocorre em hotéis, que podem ofertar aos seus hóspedes mapas, informações de locais a serem visitados, horários de checkout etc. Nesse caso, os dispositivos são instalados dentro dos quartos e nas dependências do hotel. Em lugares de uso comunitário, é possível oferecer informações como horário de funcionamento, preço de serviços, entre outros.

Entretenimento

Os beacons também são usados em vários setores do entretenimento, como cinemas, por exemplo. Eles podem ser instalados ao redor de um shopping center, informando aos usuários quais filmes estarão em cartaz naquele dia. Já em boates e casas de show, os usuários conseguem saber de apresentações futuras e a hora em que o seu artista tocará, além de receber promoções no bar e na compra de ingressos. Ainda outro uso muito comum é o check-in automático em eventos.

Ambiente hospitalar

Em hospitais, os beacons são capazes de substituir os prontuários de papéis que ficam depositados no leito do paciente. Dessa maneira, dispõe-se de prontuários eletrônicos, aos quais os médicos e enfermeiras têm um acesso facilitado por meio de um smartphone. Essa tecnologia também pode ser utilizada para fazer um controle de estoque dos medicamentos controlados e de alto custo: cada um deles teria associado a si uma etiqueta única, com informações de lote, validade etc.

Educação

Já na educação, esses dispositivos vêm sendo usados, principalmente, para acabar com as listas de chamadas. Os alunos, por meio dos seus smartphones, registram presença a um beacon instalado na própria sala de aula, reduzindo o tempo perdido com as chamadas, além do consumo de papel. Outro benefício disso é o registro da hora exata em que o aluno chegou na sala de aula.

Setor imobiliário

E se você pudesse descobrir todas as informações sobre uma casa ou apartamento sem precisar entrar nele? Com o beacon, isso é possível. Ao passar por um imóvel disponível para compra ou aluguel, o smartphone do interessado é notificado com os seus dados, como tamanho, quantidade de cômodos, preço e etc. Isso diminui consideravelmente o trabalho e o custo dos corretores de imóveis.

Acessibilidade

Os beacons também podem ser usados nos meios de transporte. Instalados em estações de ônibus ou trens, por exemplo, eles são capazes de informar aos usuários o tempo de espera, o preço da passagem, o itinerário das linhas, dentre outras coisas.

Além disso, são muito úteis para pessoas com deficiência. Isso porque a comunicação entre eles e o smartphone não depende de colocar o aparelho em uma posição específica. Ela é feita automaticamente, por aproximação, o que auxilia pessoas com problemas visuais ou dificuldade de locomoção, por exemplo.

Negócios

Beacons vêm sendo cada vez mais usados como meio de compartilhamento de cartões de visita. Assim, ao fazer um networking, não é mais necessário pegar o contato dele manualmente — isso pode ser feito por meio de um dispositivo pessoal (acoplado a um chaveiro, por exemplo) para transmitir e receber informações de outras pessoas.

Enfim, como vimos, as aplicações dessa tecnologia são inúmeras. Seu potencial é enorme, e a tendência é que ele seja adotado nos mais diferentes serviços, que vão além dos exemplos citados neste post. E, devido ao seu preço acessível, é perfeitamente possível adquirir um beacon para uso pessoal. Incrível, não?

Agora, se você gostou do nosso post, aproveite para conferir também como as metodologias ágeis ajudam a garantir corretamente as entregas em seu negócio!