“Estamos atrasados”; “O projeto deveria ser entregue hoje”; “O projeto teria duração de 2 meses, mas durou 3”; “O projeto não atendeu as expectativas do cliente”; “Já estouramos o orçamento”. Se você trabalha com desenvolvimento de software, com certeza ouve essas frases com frequência, não é mesmo? Então você precisa saber mais sobre metodologias ágeis.

Tais metodologias são muito importantes quando o assunto é gestão de projetos e por meio delas muitos projetos têm sido entregues de forma correta e no prazo estabelecido. Por isso, continue lendo este texto e descubra mais sobre esse assunto!

Quais as principais causas de atrasos em projetos?

Atrasos em projetos geralmente representam prejuízos e aumento nos gastos. Em uma pesquisa da Universidade de Oxford foi constatado que grandes projetos de TI costumam ultrapassar 45% do orçamento inicial e atrasam aproximadamente 7% em relação ao cronograma original.

Essas porcentagens podem ser explicadas pela falta de artefatos mínimos, assim como pela gestão ineficiente do projeto nos quesitos tempo e recursos, e a gestão ineficiente do escopo. Essa situação gera tensão na equipe, necessidade de retrabalho e consequentemente os prazos são ultrapassados.

O que são metodologias ágeis?

As metodologias ágeis são abordagens para o desenvolvimento de projetos por meio da inteligência coletiva, por meio de times multidisciplinares, organizados e focados em atender às demandas dos clientes com alta produtividade.

Essas metodologias são muito importantes na gestão de projetos pois proporcionam envolvimento de toda a equipe, realizam a entrega do projeto em etapas (chamadas de sprints) e, inclusive, proporcionam ao cliente, a oportunidade de conhecer os resultados do trabalho de forma antecipada.

A diferença entre as metodologias ágeis e as tradicionais está nas entregas incrementais. Todas as entregas são realizadas com foco total no cliente e o mesmo já começa a colher retorno e benefícios do projeto desde a primeira entrega.

Como ajudam a garantir corretamente as entregas e no prazo?

As metodologias ágeis são baseadas nas sentenças de intensa participação do cliente, customização do produto final, agilidade e entregas múltiplas. Além disso, também se baseiam em princípios como: valor, frequência, união, motivação, flexibilidade, comunicação, funcionalidade, simplicidade, sustentabilidade, organização, autoavaliação e revisão.

O cliente é envolvido em todas as etapas

Como o escopo é elaborado por meio de inúmeros contatos com o cliente e com a equipe, o projeto é compreendido por todos os envolvidos, fazendo com que o time tenha a visão de usuários e durante a execução das etapas do projeto, os resultados são constantemente alinhados, gerando uma assertividade na solução a ser entregue e com a qualidade esperada. 

Permite que o projeto seja melhorado a cada entrega

Conforme falado, os métodos ágeis contam com entregas em etapas. Essas etapas costumam ser de 2 a 4 semanas e ao final de cada uma delas a equipe analisa os resultados e os problemas que aconteceram para que já na próxima etapa os resultados possam ser ainda melhores.

Evita grandes problemas no momento da entrega

A entrega realizadas em etapas menores e mais frequentes, faz com que os problemas sejam identificados rapidamente e, portanto, as devidas correções e tratativas necessárias sejam efetuadas coma agilidade, evitando retrabalho, atrasos e custos extras. 

Equipe mais engajada e produtiva

Uma vez que toda a equipe participa dos processos de planejamento e ao final de cada ciclo de projeto são analisados intercorrências e resultados, todos entendem de forma profunda o projeto e o produto, reduzindo erros e aumentando a produtividade.

Muitas empresas já têm apresentado bons resultados colocando em prática as metodologias ágeis. Contudo, é importante destacar que, para o funcionamento dessa metodologia, é imprescindível extinguir de uma vez por todas qualquer falha de comunicação entre os membros da equipe e entre a equipe e o cliente além de focar sempre nas entregas e no resultado esperado. 

Para que isso ocorra, é essencial a mudança de mindset da equipe. Outro fator que deve ser avaliado para o sucesso de qualquer projeto é se o contexto dele e do produto permite a adoção de metodologias ágeis. 

E você, o que achou dessa forma de enxergar um projeto? Já conhecia sobre metodologias ágeis? Deixe um comentário aqui no post e nos conte sua opinião sobre o assunto!