O manifesto de teste foi criado por Karen Greaves e Samantha Laing, como uma continuação do Manifesto Ágil de desenvolvimento.

O Manifesto Ágil do teste argumenta que os conceitos colocados à esquerda têm mais valor (do que os da direita, do modelo tradicional):

  • Testar em todas as etapas mais que testar no final.
  • Prevenir bugs mais que encontrar bugs.
  • Testar o entendimento mais que checar funcionalidades.
  • Construir o melhor sistema mais que quebrar o sistema.
  • Time responsável pela qualidade mais que responsabilidade dos testadores.

O manifesto reflete a mudança de mentalidade necessária para uma abordagem de teste ágil bem-sucedida. Qualidade não é um assunto somente do testador, ou de um grupo de analistas de QA. Qualidade é de responsabilidade da equipe inteira envolvida.

Segundo Janet Gregory e Lisa Crispin no livro “Agile Testing Condensed”: “sempre que sua equipe estiver presa a problemas de qualidade ou de teste, reflita sobre os princípios para encontrar uma maneira de seguir em frente”.

Você já precisou refletir sobre este assunto?

 

Fontes:

Manifesto do Teste Ágil – https://agilizei.com/2017/03/20/manifesto-dos-testes/

Agile Testing Condensed – Janet Gregory e Lisa Crispin https://www.growingagile.co.za/blog/

 

Denise Kanashiro – Líder de Testes