Você que lida diariamente com projetos de desenvolvimento de software, deve saber que o processo de verificação de requisitos é essencial. É ele quem permite identificar as não conformidades, defeitos, erros ou falhas na especificação funcional de um software. 

Quer saber mais a fundo porque a verificação de requisitos é importante? Então continue a leitura!

O que é feito na verificação de requisitos em projetos

Como você bem sabe, qualquer projeto de TI, independente de sua natureza, está sujeito a vários riscos. Nesse cenário, garantir que todos trabalhem da melhor forma possível, livre de falhas e fatores que possam prejudicar a qualidade de um produto, é um ponto chave e esse processo de busca constante de redução de riscos começa a partir de uma série de estratégias, como a verificação de requisitos.

A verificação de requisitos é um conjunto de atividades de controle de qualidade aplicado no início do processo de desenvolvimento com o objetivo de garantir a construção do produto certo. Para isso, os analistas avaliam basicamente se os requisitos estão:

  • Claros

  • Corretos

  • Completos

Além de inspecionar também particularidades técnicas e suas qualidades globais, como:

  • Facilidade de Uso

  • Disponibilidade

  • Portabilidade

  • Integridade

  • Eficiência, etc.

Quais são os benefícios resultantes de uma boa verificação de requisitos

Esta etapa representa os testes estáticos, ou seja, é realizada antes da construção do software e essa estratégia é estruturada para que a empresa evite retrabalhos, atrasos no cronograma e custos extras.

Segundo Myers, quanto mais tarde descobre-se o erro, maior será o custo. Isso porque a cada fase em que o erro não é identificado, o custo para correção é multiplicado por 10. Erros em produção são extremamente caros e em alguns casos, podem ser inviáveis de se corrigir. 

Garantindo a qualidade do software

Com a verificação de requisitos e a posterior validação do software, a empresa reduzirá substancialmente os riscos que podem prejudicar a qualidade do produto, os objetivos do negócio, os custos e os prazos do projeto. 

Cabe também ressaltar, que fazem parte da garantia da qualidade:

  • Processos de gestão de projetos

  • Gestão da qualidade em TI

  • Gestão da equipe de alta performance

Dessa forma, a empresa conseguirá atingir o melhor resultado possível ao final do projeto.

“Uma pessoa inteligente resolve um problema. Uma pessoa sábia evita o problema” , Albert Einstein

Gostou do nosso post e quer receber outras dicas para incrementar ainda mais o seu conhecimento nesta área? Assine a nossa newsletter!