Por que acompanhar os indicadores ISG é importante? E, por que é importante para a SVLabs ser Product Challenger?

A SVLabs se classificou como Product Challenger dentro da Categoria de Continuous Testing para Midmarket e Expert Consulting, mas o que isso significa?

Vamos entender primeiro o contexto empresarial:

De acordo com o ISG Provider Lens, o relatório anual é “relevante para empresas em todos os setores no Brasil para avaliar fornecedores de teste contínuo no mercado intermediário e em consultoria especializada. Neste relatório de quadrantes, a ISG destaca o atual posicionamento do mercado de fornecedores de teste contínuo no mercado intermediário e consultoria especializada no Brasil e a forma como eles abordam os principais desafios enfrentados por clientes empresariais no país. A necessidade entre as empresas de garantia de qualidade com rapidez e a necessidade de abordagens automatizadas de teste, como automação de ponta a ponta e shift-left em todas as fases de teste, impulsiona esse mercado. As empresas agora estão adotando essa metodologia, pois seu processo de teste atual é demorado e aumenta o custo de entrega. Os provedores de serviços estão enfrentando esses desafios, reunindo desenvolvimento, teste e operações em um planejamento, gerenciamento e execução de testes para acelerar o processo. A ISG vê uma demanda crescente entre as empresas por aplicações nativas de nuvem que são desenvolvidas de ponta a ponta e gerenciadas na nuvem usando tecnologias como contêineres e APIs. As empresas devem avaliar os fornecedores que podem beneficiá-las na abordagem de todos os desafios acima.”

Então vem a dúvida, mas para ‘quem’ este relatório é relevante?

De acordo com o ISG Provider Lens, este relatório deve ser acompanhado por “líderes de TI e tecnologia a fim de ter uma compreensão clara dos pontos fortes e de atenção dos provedores de serviço em sua prática de ADM e entender como eles integram as tecnologias/recursos mais recentes em suas ofertas de serviço para encontrar uma vantagem competitiva no mercado. Os líderes de negócios devem ler este relatório para entender o posicionamento relativo dos parceiros que podem ajudá-los a adquirir serviços de aplicações com relação a seus negócios/indústria e para garantir o retorno do investimento. ”

Agora, para entender a importância de ser Product Challenger dentro da Categoria de Continuous Testing para Midmarket e Expert Consulting, vamos compreender o que são testes contínuos. De acordo com o relatório do ISG Provider Lens, “o teste contínuo se concentra em fornecer garantia de qualidade com rapidez. Em termos de tecnologia, ele abrange vários aspectos de testes automatizados, como shift-left e automação de ponta a ponta nas fases de teste e em todas as fases do processo de entrega contínua. No entanto, em termos de pessoas e processos, vai além dos testes baseados em automação. Os provedores de serviços, com suas operações focadas, ajudam os clientes a obter eficiências de custo nas funções de teste de aplicações. Os provedores atendem a requisitos de teste de nicho compostos por vários tipos de teste, como testes automatizados, de regressão, funcionais e de desempenho. Os provedores de serviços servem como um ponto único para os requisitos de teste dos clientes e também trabalham com grandes provedores de serviços para executar os requisitos de teste de aplicações para eles. A análise de Teste Contínuo para Mercado Intermediário inclui empresas que se concentram em clientes corporativos de médio porte. A receita típica do cliente é inferior a US$ 1 bilhão anualmente ou sua base de usuários é inferior a 5.000 usuários.”

E é aqui, nos critérios de elegibilidade, que nos enchemos de orgulho do nosso trabalho:

  • Os provedores devem ter uma base mínima/limite de praticantes de teste na região local;
  • Os especialistas do fornecedor devem fornecer consultoria sobre metodologias de teste e demonstrar conhecimento profundo em vez de soluções de teste do tipo de malha;
  • Os fornecedores devem exibir a execução usando o desenvolvimento orientado a testes (TDD), o desenvolvimento orientado a comportamento (BDD) e outras abordagens;
  • Os provedores devem exibir recursos no fornecimento e uso de processos de virtualização de serviço (teste), gerenciamento de casos de teste.

Observações muito importantes:

“O mercado continua exigindo melhor qualidade de software. Ao mesmo tempo, a transformação digital coloca software em todos os produtos e serviços. Falhas, interrupções e respostas lentas são inaceitáveis no ambiente de negócios de hoje. A pandemia da COVID-19 expôs ainda mais os problemas de qualidade de software. Com o distanciamento social e mais pessoas dependendo da Web para praticamente tudo, um bug de software é igual a estar fora do mercado. Os clientes do mercado intermediário podem perceber os testes como um gargalo para suas equipes de desenvolvimento de aplicações. Algumas empresas ainda consideram a execução de testes um custo e não um investimento. No entanto, o mercado de testes em evolução permitiu eficiências que reduzem o retrabalho e fornecem resultados de qualidade para melhorar os resultados de negócios. As pressões do mercado por melhor qualidade e automação de DevOps permitiram que clientes do mercado intermediário adotassem testes contínuos. O mercado segue as tendências observadas no mercado de grandes contas, como o aumento do uso de testes automatizados, estratégias shift-left para incorporar testes em todas as fases de desenvolvimento de aplicações e estratégias shift-right para medir qualidade e desempenho na produção. O desejo por melhor qualidade é o que chama a atenção para o teste contínuo.”

Gostou do texto? Nos siga para mais textos como esse e aproveite para acessar nossas redes sociais abaixo e conferir nossos conteúdos diários!

Linkedin, Instagram, Facebook, Twitter

Conheça nossos serviços em nosso site: www.svlabs.com.br